Resoluções de Ano Novo para líderes e membros da associação

Por Octavio Peralta – 28 de dezembro de 2018 – BusinessMirror


A resolução de um novo ano é uma tradição que uma pessoa faz para mudar um traço ou comportamento indesejado, para atingir um objetivo pessoal ou para melhorar sua vida. Acredito que os líderes e membros da associação também precisam preparar algum tipo de resolução para o ano. Aqui estão 12 resoluções para líderes e membros da associação:


Para os líderes da associação:

  • Planeje o ano à frente. Elabore um calendário de atividades – programas de treinamento, reuniões, eventos de networking, emissão de publicações, outros – para que seus membros também possam agendar seu horário.
  • Definir metas. Determine os desafios prementes que você está enfrentando – por exemplo, participação da diretoria, pagamento de quotas, recrutamento e engajamento e geração de receita – priorize- os e forneça soluções.
  • Crie novas ofertas. Os membros aspiram a novos serviços, seja um seminário ou uma publicação cobrindo novos tópicos, um programa de fidelidade ou recompensas, ou qualquer coisa que eles precisem e sejam relevantes para o seu trabalho.
  • Adoptar tecnologias atuais. Não importa o quão simples – um aplicativo para dispositivos móveis, uma sessão de aprendizado on-line, uma apresentação em vídeo – os membros se sentirão atualizados e agradecidos por sua associação estar adotando novas ferramentas para usar.
  • Comunique-se mais com os membros. Um telefonema, uma mensagem de texto, um e-mail e, mais importante, uma reunião cara a cara, ajudam a construir o rapport e a camaradagem. Um aniversário ou uma saudação de ocasião especial em qualquer modo de entrega irá percorrer um longo caminho com seus membros.
  • Ouça seus membros. É sempre uma boa maneira de ouvir o que os membros dizem. Realize uma pesquisa de feedback de serviço, um estudo de necessidades de treinamento ou defina uma “caixa de ideias”. No final, os membros sabem melhor o que querem.

Para membros da associação:

  • Estar envolvido. Uma associação é uma comunidade onde indivíduos com a mesma opinião se encontram, cumprimentam, aprendem, compartilham e celebram juntos. Enriquece o seu voluntariado e a mentalidade cívica como ser social e como cidadão
  • Expanda sua rede. Seja para trabalho ou estudos, ajuda a pertencer a um grupo com a mesma paixão, causa ou defesa. Você nunca sabe quando precisará de assistência, leads ou contatos para melhorar o
    que estiver fazendo.
  • Aprenda mais em seu campo. Associações oferecem oportunidades únicas de educação continuada não disponíveis em outros lugares. Aprender com os praticantes é sempre uma opção melhor.
  • “Micro-voluntário” ”o seu tempo e experiência. Não há necessidade de sair de casa para contribuir para sua associação. Você pode escrever um artigo, chamar membros para participar de reuniões e outras pequenas coisas.
  • Torne-se um embaixador. Você pode dizer coisas boas sobre o trabalho e a defesa de sua associação nas mídias sociais, reuniões face a face e reuniões amistosas.
  • Dar um tempo. Junte-se às conferências fora da cidade da sua associação, acampamentos de treinamento ou atividades de teambuilding, que são calmantes e ótimos impulsionadores de energia.

O colaborador, Octavio “Bobby” Peralta, é fundador e CEO do Conselho Filipino de Associações e Executivos de Associação (PCAAE) e presidente do Federação Ásia-Pacífico de Organizações Associativas (Apfao). O objetivo da PCAAE – a “associação de associações” – é promover a profissão de gestão de associações e tornar as associações bem administradas e sustentáveis.

Com uma média de 22 ocorrências de furtos a residências por dia registrados em 2018 em Belo Horizonte, o mês de janeiro acende um alerta para cuidados com a casa para quem vai viajar e precisa deixá-la sozinha. Para evitar esse tipo de ocorrência e inibir a criminalidade nas ruas, entre as iniciativas mais recomendadas tanto pela Polícia Militar quanto por especialistas estão as associações de vizinhos.

Leia na íntegra aqui!

O mundo está caminhando em um ritmo acelerado e para que o mercado continue em crescimento é necessário que as categorias atuem com o mesmo ideal.

“Tecnologia, inovação, cooperação, futuro – e sobretudo futuro do trabalho – têm sido palavras recorrentes no mercado. Pudera! Todas elas estão absolutamente alinhadas à realidade em que estamos vivendo, regida pela conectividade, pela inquietação constante e zero acomodação. No entanto, tão contemporânea quanto essas palavras do momento existe outra, um pouco mais antiga, é verdade, mas que também integra essa teia de conexão. Estou me referindo ao associativismo.”

Confira mais aqui!

Presidente do Conselho de Emprego e Relações do Trabalho da FecomercioSP analisa como as transformações no mundo do trabalho impactam o mundo sindical.

Leia notícia na íntegra aqui!

Será um dos novos cursos que a escola produzirá em 2019. A escola dará mais ênfase a esta que é a prioridade dos seus públicos alvos desde os primeira reflexões a respeito do projeto de uma Escola de Associativismo. Já a partir deste mês, no submenu VÍDEOS do nosso site será possível encontrar um espaço específico para esta modalidade de associativismo, tão importante, tão decantada no mundo todo.

Coordenado por Ronald Carvalho está em andamento a construção do plano de marketing da escola para o ano de 2019. Estão colaborando com o trabalho, Rafael Andaku e Tatiana Bersot da empresa de publicidade ebrand, Camila Uliana e Natalia Goldring do Sistema FINDES.

No último dia 17 de dezembro, conforme previsto. Após as boas vindas da direção da associação de empreendedores Movimento Empresarial do ES, ES EM AÇÃO, palavras curtas do diretor da escol, o colaborador de conteúdo Ernesto Mosaner Jr, Coordenador do ES EM AÇÃO 2004/2005 fez uma palestra sobre o tema do curso que foi complementada por comentários dos outros dois colaboradores do curso, José Eugênio Vieira, Superintendente do SEBRAE/ES e Cesar Saade, Presidente da Associação de Moradores da Praia do Canto/Vitória-ES. O significativo público presente, dirigentes e associados da Rede Empresarial do ES EM AÇÃO foi muito proativo. Muitas perguntas foram feitas aos colaboradores de conteúdo e as respostas enriqueceram mais ainda o conteúdo do novo curso, uma importante realização da escola para o fortalecimento das associações.