FORMAS EXTRAS DE FORNECER VALOR AOS ASSOCIADOS

ASSOCIATION NOW – por SOPHIA CONFORTI 9 DE OUTUBRO DE 2019

Os recursos da sua associação não são a única maneira de fornecer valor
aos membros. Além disso: desenvolva uma "mentalidade de força" para
aumentar o moral da equipe.

Por que os membros ingressam em uma associação e o que os faz renovar?
Tudo se resume a valor.

Obviamente, a principal maneira pela qual sua associação agrega valor é
através dos benefícios dos membros. Mas também existem maneiras menos
concretas de fazer isso, que não estão descritas no manual do membro. Por
exemplo, conectar membros que têm interesses semelhantes, diz Callie
Walker no blog MemberClicks.

“Você deve continuar a oferecer as muitas oportunidades de networking
que oferece, mas dê um passo adiante apresentando seus membros a outras
pessoas quando isso fizer sentido”, diz ela. "Por exemplo, digamos que você
esteja no meio de sua conferência anual e conversando com alguém que
está estudando para um exame de certificação. Se você conhece alguém que
passou recentemente no exame, conecte esses dois. ”

Outra idéia: aproveite as oportunidades educacionais relacionadas a soft
skills para complementar os programas de aprendizado específicos do
setor.

"Enquanto a maioria das pessoas provavelmente está envolvida na sua
organização para aprimorar suas habilidades, nunca é demais ajudá-las a
aprimorar essas habilidades", diz Walker.

Mantenha seu queixo erguido
Sua escolha de mentalidade está ajudando ou prejudicando você?
…Em todas as situações, você tem a opção de escolher uma mentalidade
que o faça sentir-se poderoso ou fraco

Tendo um dia ruim? Sua mentalidade pode ser a culpada.
"Geralmente, há uma ampla variedade de perspectivas e observações
verdadeiras que você pode fazer sobre as coisas que acontecem com você",
diz Rebecca Tiffany no Association Chat. "Uma versão da história que você
conta a si mesmo sobre uma situação pode esmagá-lo com a depressão e
imobilizá-lo da produtividade … Mas também há uma maneira leve e fácil
de perceber o mesmo evento exato".
Quando os líderes cultivam essa "mentalidade de força", como Tiffany
chama, eles aumentam o moral não apenas para si mesmos, mas também
para sua equipe.
“Quando toda a sua equipe olha para os problemas que você enfrenta com
fé de que eles podem lidar com tudo e que confiam um no outro para
realizar um trabalho brilhante e impactante, a mágica real começa a
acontecer”, diz Tiffany.

São Paulo – Em  Heliópolis , na zona sul da cidade de São Paulo, todo o  estigma da
violência , que marcava a região, é hoje insuficiente para dar conta de uma das
maiores comunidades da América Latina, reconhecida agora pelo título de
“bairro educador” pelo trabalho da Escola Municipal Campos Salles. Na
comunidade, que abriga mais de 200 mil moradores, essa transformação só foi
possível após a  compreensão de que bairro e aluno são um mesmo organismo  e
que precisam atuar em parceria.
A ideia partiu de um ex-diretor da instituição, Braz Rodrigues Nogueira, em
parceria com a União de Associação de Moradores (Unas) depois que a escola
teve computadores roubados. Como resposta, ao invés de aumentar os aparatos
de segurança, surgiu a proposta de derrubar os muros. “Numa escola da
comunidade, o que faz a proteção não são os muros”, ressalta o diretor ao
repórter José Eduardo Bernardes, do Brasil de Fato, em  matéria  divulgada
peloSeu Jornal, da TVT.
Com nova fachada, já sem os muros físicos, a instituição elaborou ainda um
novo projeto de ensino, apresentado aos professores e  membros da
comunidade , e aprovado democraticamente, garantindo que estudantes e
professores trabalhem de forma integrada, levando em conta os direitos de
aprendizagem e os parâmetros curriculares mas, principalmente, a fala dos
alunos. Assim, 12 salas de aula foram transformadas em quatro grandes salões,
onde os educandos se sentam junto com três professores, um projeto baseado
na filosofia de ensino da Escola da Ponte, de Portugal.
“Não é possível você dar conta de uma demanda social, como a gente tem no
Brasil do século 21, sozinho. Então a gente precisa encontrar caminhos de

trabalhar juntos”, destaca a diretora do Centro Educacional Unificado (CEU) de
Heliópolis, Marília de Santis. Depois das mudanças a escola já alcançou a meta
estipulada pelo município para a educação básica  e ganhou apoio de pais e
mães. “Está dando certo”, garante a mãe de um dos alunos da instituição Maria
Aparecida Andrade. “O meu filho está aprendendo a ler. Ele fez sete anos agora
em agosto e está aprendendo a ler e escrever”, fala orgulhosa.

A sétima edição da Semana de Negócios e Empreendedorismo (SNE) ocorre entre 14 e 18 de outubro, como parte das atividades voltadas ao Mês do Empreendedor na Cidade.

Confira na íntegra aqui!

O diretor da ESCOLA DE ASSOCIATIVISMO estará presente, no próximo dia 7, na sede da FIESP em São Paulo, às 18 horas, quando acontecerá a entrega de prêmios às melhores práticas sindicais de 2019, não só da FIESP, mas também da FIRJAN, da FIEMG e da FIESC. Quatro das maiores associações federações de indústrias do país estimulam suas associações filiadas a praticarem melhoria contínua, a inovarem na prestação de bons serviços aos seus associados. A escola, convidada, fez parte do júri que julgou os projetos concorrentes apresentados pelos sindicatos de São Paulo e do Rio de Janeiro.

O curso está pronto para ser lançado. Não foi no ultimo mês de outubro, como previsto, em função da agenda do parceiro Jônice Tristão. A previsão é de que aconteça neste mês de novembro.

após avaliação da diretoria do SENAI/ES ficou decidido que há condições técnicas adequadas para apoiar a ESCOLA DE ASSOCIATIVISMO na produção deste curso. Um novo plano de trabalho/cronograma foi elaborado, discutido e aprovado. No primeiro semestre de 2020, finalmente, este primeiro curso da EA, em formato EAD, deverá ser lançado.

Brevemente iremos inaugurar a sede da escola localizada em Vitória/ES, na Avenida Americo Buaiz 501 Edifício Victória Office Tower Torre Leste Sala 503, Enseada do Suá. A CASA DO ASSOCIATIVISTA.

Após intermináveis gestões junto ao cartório de registro de pessoas jurídicas e junto à Receita Federal, temos agora registro e CNPJ. Muitas ações dependentes deste evento passarão a ser implementadas.