Associativismo no Brasil: características e limites para a construção de uma nova institucionalidade democrática participativa

Dissertação que propõe examinar o fenômeno da ação coletiva institucionalizada no Brasil, pela análise do associativismo civil. Além de mapear, caracterizar e classificar tais organizações, esta pesquisa terá como foco a interpretação desse universo associativo e seu crescimento em anos recentes. Observa-se a influência do Estado, exercida por meio do marco legal aplicável a associações civis, na formatação, na burocratização e no incentivo desse tipo de ação coletiva. O objetivo da dissertação é analisar tanto o status quo deste universo, quanto sua regulação estatal, para apreciar em que medida isso possibilita o avanço de uma nova institucionalidade democrática participativa ou, pelo contrário, reproduz estruturas de desigualdade que permeiam a sociedade brasileira.

clique e confira matéria na íntegra

 

Alexandre Ciconello Ganança
UnB – Instituto de Ciencia Política

Mais Notícias


INSPIRAÇÃO

Um sentimento mal acomodado na mente provocou a inspiração para a criação da Escola de Associativismo. Por que havia recuado e não encarado a luta como sempre fiz ? Razoes cristalinas indicavam a correção da decisão mas o espirito de luta relutava em aceitar. Estava deixando uma posição de diretor numa associação nacional de alta […]


[NOVO] Quando uma Troca de E-mail Se Torna Feia

  Resumo. O e-mail pode ser uma ótima maneira de se comunicar de forma eficiente com colegas de trabalho. Mas muitas vezes, os colegas usam o meio para evitar, desviar ou escalar conflitos. Quando alguém planta uma “mina terrestre de e-mail”, você não precisa responder em espécie com um ataque semelhante (mesmo que isso seja…mais […]


PASSOS para associações de próximo nível

  Como organizações orientadas para o propósito e focadas na missão, as associações fornecem aos seus principais interessados ​​pelo menos quatro benefícios principais: (1) aprendizagem (programas de treinamento, certificação e credenciais), (2) conhecimento (publicações especializadas, estudos e padrões), (3) ) comunidade (plataforma para criar redes, co-criar e colaborar em serviços) e (4) defesa de direitos […]