_Política partidária nas associações – Vol.2

É impossível viver sem fazer política. Seja nas reuniões de condomínio ou na tomada de decisões na família, estamos praticando a política. Nas associações, isso se torna ainda mais claro no processo de escolha da Diretoria, ou no debate sobre as prioridades definidas pelos associados. Além disso, o relacionamento com a política é uma atividade intrínseca de um associativismo sério, o que beneficia toda sociedade com a criação de políticas públicas a partir das demandas feitas pelos associados.

Saiba mais sobre o volume dois do módulo Política partidária nas associações  no contexto de São Paulo assistindo ao vídeo e lendo a nossa cartilha.

Sobre o Curso

Quando uma associação se alinha com um partido ou candidato, a instituição fere com a confiança dada à ela, uma vez que isso indica que seus interesses junto a um partido ou candidato, estão a frente das necessidades apontadas pelos associados e sociedade. A presença de políticas partidárias na governança de uma associação a torna mais dependente de terceiros, além de poder dificultar que a instituição faça parcerias que promovam seu crescimento e autonomia na busca por melhorias na sociedade.

Saiba mais sobre o volume 2 deste módulo assistindo ao vídeo e lendo a nossa cartilha.

Cadastre-se para ter acesso ao conteúdo:

Pílulas do Associativismo

_Colaboradores do Conteúdo

Raul Cutait
José Ricardo Roriz Coelho
Dimas Zulian