DISCURSO DE DESPEDIDA DO PRESIDENTE DO SINDIPLASTES GILMAR RÉGIO

Local: Federação das Indústria do Estado do ES – 11/04/2019
ENTREGAMOS O ESTATUTO DO SINDICATO REVISADO E O CÓDIGO DE ÉTICA DA INSTITUIÇÃO IMPLANTADO, BEM COMO A AGENDA SINDICAL ESTRUTURADA COM AS AÇÕES DEFINIDAS PARA SEREM EXECUTADAS VISANDO ALCANÇARMOS AS METAS E OBJETIVOS DEFINIDOS PARA OS PRÓXIMOS ANOS. ESTAMOS DEIXANDO DOIS PROGRAMAS IMPORTANTES PRONTOS PARA SEREM EXECUTADOS. O PLANO DE COMUNICAÇÃO E O PROGRAMA PLÁSTICO NA INDUSTRIA 4.0. ACREDITAMOS QUE A IMPLEMENTAÇÃO DESSES DOIS PROGRAMAS SERÃO FUNDAMENTAIS E ESTRATÉGICOS PARA CONTINUARMOS TRANSMITINDO AOS NOSSOS ASSOCIADOS OS VALORES E A IMPORTÂNCIA DE FAZEREM PARTE DE UMA ASSOCIAÇÃO REPRESENTATIVA NA DEFESA DOS SEUS INTERESSES, E AUXILIANDO AS INDUSTRIAS DO SETOR NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE NOVAS TECNOLOGIAS QUE IRÃO PROPORCIONAR PRÁTICAS DE INOVAÇÃO, AUMENTO DE PRODUTIVIDADE E MELHORIA DA COMPETITIVADE DAS NOSSAS EMPRESAS, RESPECTIVAMENTE. VALE A PENA FRISAR QUE TODO ESSE TRABALHO VEM SENDO CONSTRUIDO A VÁRIAS MÃOS E COM IMPESSOALIDADE. NÃO É UM PROJETO DE UMA OU OUTRA GESTÃO E SIM DE UM SETOR E TODOS OS SEUS STAKEHOLDERS. MUITO AINDA HÁ PARA SE FAZER, COMO
SEMPRE NOS PROVOCA O NOSSO PRESIDENTE DA FINDES, E ISSO É FATO. AS DEMANDAS NÃO PARAM, AS MUDANÇAS AVANÇAM NUMA RAPIDEZ EXTRAORDINÁRIA E O NÍVEL DE EXIGÊNCIA PELA EXCELÊNCIA NAS ENTREGAS SÃO CADA VEZ MAIS FORTES. HÁ MUITO SE FALA NA NECESSIDADE DE REVISÃO E RENOVAÇÃO DAS ESTRUTURAS SINDICAIS. NÃO HÁ SOLUÇÕES MÁGICAS. MUDAR AS LEIS NÃO MUDA AS IDEIAS. A REVITALIZAÇÃO REQUER ESTRATÉGIAS E NÃO APENAS TÁTICAS:
– REPENSAR OS PROPÓSITOS E OBJETIVOS DA REPRESENTAÇÃO
– ENTENDER OS GRUPOS DE INTERESSE REPRESENTADOS

– REVER AS FORMAS DE AÇÃO E A NATUREZA DOS SEUS PROCESSOS DEMOCRÁTICOS INTERNOS
– REDESENHAR A REPRESENTAÇÃO EM BASES INOVADORAS
– ABRAÇAR OS INTERESSES DE UM PÚBLICO MAIS AMPLO E DESENVOLVER PROCESSOS DE COMUNICAÇÃO EFICIENTES SÃO FUNDAMENTAIS.
A INOVAÇÃO ESTRATÉGICA TRAZ À TONA QUESTÕES POLÍTICAS DIFÍCEIS, POIS MUDANÇAS ESTRUTURAIS AMEAÇAM AS RELAÇÕES INTERNAS DE PODER. RICHARD HAYMAN E REBECCA GRUMBRELL, DUAS AUTORIDADES EM ESTUDOS SOBRE SINDICALISMO NO MUNDO, DISSERAM: “TEMPOS DIFÍCEIS PODEM ESTIMULAR UM NOVO PENSAMENTO, TRAZENDO NOVAS OPORTUNIDADES. O DESAFIO É REVER PROPÓSITOS E PRIORIDADES E CRIAR MANEIRAS INOVADORAS PARA ATINGI-LOS. ISTO PODE ENVOLVER ESCOLHAS DIFÍCEIS: NEM TODOS OS OBJETIVOS PODEM SER IGUALMENTE PRIORIZADOS, PRINCIPALMENTE QUANDO OS RECURSOS ESTÃO MAIS ESCASSOS.” POR FIM QUERO AGRADECER A TODA DIRETORIA QUE FEZ PARTE DESSA GESTÃO, AOS ASSOCIADOS QUE ACREDITARAM E APOIARAM O NOSSO TRABALHO, …PROCUREI A TODO TEMPO ORIENTAR A MINHA ATUAÇÃO COM BASE NOS PRINCÍPIOS E VALORES QUE VALIDAMOS, PAUTADOS NO COMPROMETIMENTO, FOCO EM RESULTADOS, INOVAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E TRANSPARÊNCIA – COM A VERDADE ACIMA DE TUDO.

Mais Notícias


INSPIRAÇÃO

Um sentimento mal acomodado na mente provocou a inspiração para a criação da Escola de Associativismo. Por que havia recuado e não encarado a luta como sempre fiz ? Razoes cristalinas indicavam a correção da decisão mas o espirito de luta relutava em aceitar. Estava deixando uma posição de diretor numa associação nacional de alta […]


[NOVO] O que é ‘associativismo’?

    Foi uma agradável surpresa receber um e-mail de contato de Fabio Ribeiro Dias, diretor da Escola de Associativismo (EA) com sede na cidade de Vitória, no estado brasileiro de Espírito Santo. O que me surpreendeu primeiro foi o termo “associativismo”, pois nunca tinha ouvido essa palavra antes. Meu primeiro instinto foi pesquisar no Google. Surpresa surpresa! Existe […]


[NOVO] Modelo de associação: tradicional x comunidade

    A atual pandemia fez com que as associações revisassem seus modelos de filiação. Com fluxos de receita em declínio devido ao cancelamento de eventos, incapacidade dos membros de pagar as taxas de associação devido a dispensas e dificuldade em encontrar patrocinadores e doadores, as associações lutam para fazer “negócios como de costume”.   Um […]