Café de Negócios com reconhecimento ao Mérito Empresarial
Em 15/12/2020 Referência CCNEWS, Redação Multimídia

Com 43 anos de existência a ASES mantém-se como uma referência da cultura associativista.

A solenidade ocorreu num evento híbrido, semipresencial, com a presença de algumas pessoas, diretores da ASES, pessoas ligadas aos homenageados e dirigentes do Sebrae que cedeu seu auditório para a transmissão da homenagem de forma online.

 

A edição 184 do já tradicional Caneg, o Café de Negócios (Caneg) da Associação dos Empresários de Serra (ASES) revestiu-se de especial importância porque conjugou outro evento também relevante da entidade por representar o reconhecimento de personalidades que se destacaram durante o ano.

Assim, o Caneg 184 embutiu o Prêmio Mérito Empresarial 2020 que se realizou em sua 14ª edição mantendo a consistência do momento anual de homenagem às pessoas que, nas suas respectivas categorias, contribuíram para o desenvolvimento do setor empresarial, do município e mesmo do Estado, em suas respectivas atividades.

 

Os(as) homenageados(as) na 14ª edição do Prêmio Mérito Empresarial Serra 2020. Foto: Edson Reis

 

O quadro de homenagens abarca as categorias Comércio, para a qual foi escolhido Ronaldo Campos, da RDG Aços do Brasil; Micro e Pequena Empresa, com indicação de Maria Eliza Binatti, da Solution Consultoria; Serviço, tendo sido reconhecido Walter Dalla Bernardina, da São Bernardo Saúde; e Tatiana Rodrigues, da Vale; O ex-presidente da ASES e da Findes, Leonardo de Castro foi o homenageado do ano.

 

Associativismo

A solenidade ocorreu num evento híbrido, semipresencial, com a presença de algumas pessoas, diretores da ASES, pessoas ligadas aos homenageados e dirigentes do Sebrae que cedeu seu auditório para a transmissão da homenagem de forma online. O prefeito eleito de Serra, Sérgio Vidigal, também esteve presente, reiterando a atitude de prestigiar a entidade como sempre fez ao longo dos seus mandatos administrativos.

Nos discursos os homenageados enalteceram a contribuição dos colaboradores, decisivos para os desempenhos corporativos que lhes concederam o reconhecimento da ASES e a força do associativismo que tem na própria Associação um exemplo emblemático. Com 43 anos de existência a ASES formou-se e mantém-se como uma referência da cultura associativista, empoderada pela adesão do empresariado serrano e o reconhecimento dos interlocutores públicos.

O homenageado do ano, Leo de Castro, proferiu um breve e objetivo pronunciando enaltecendo tanto a importância do associativismo como estratégia de fortalecimento do eleitorado como relatando a trajetória pioneira de sua família na Serra, quando o seu pai, Sérgio Rogério de Castro fundou a empresa da família, a Fibrasa, diversificando posteriormente os investimentos para as áreas imobiliárias e agrícolas, no Espírito Santo e em Pernambuco.

Leo de Castro dirigiu-se ao prefeito Sérgio Vidigal e instou a classe política a assumir entendimentos suprapartidários que contemplem os interesses do país. Mais especificamente, referiu-se às reformas estruturantes que engessam o Brasil, restringe a competividade das empresas e concorrem para a estagnação. O líder empresarial declarou que metade dos domicílios brasileiros não têm tratamento de esgoto e pelo menos um terço das residências não dispõe de água tratada. Segundo ele, no século XXI ainda estamos tratando de uma agenda do século XIX.

 

Promessa

O prefeito eleito de Serra, Sérgio Vidigal, discursou fazendo um retrospecto do relacionamento de parceria com a ASES ao longo dos seus mandatos e anunciou que o seu próximo período à frente da prefeitura do município não deve ser visto como um quarto mandato, porque não haverá continuidade da visão e das práticas públicas que foram adotadas até então.

Segundo Vidigal, há que se pensar a gestão pública na perspectiva do atendimento efetivo ao cidadão, a indução de negócios pelos empreendedores que dinamizam a economia e são os efetivos geradores de riqueza cumprindo ao ente público aplainar as desigualdades sociais e proporcionar a ambiência favorável aos negócios. Assegurou, também, que não pleiteará uma reeleição após essa etapa da gestão municipal coerente com sua percepção de como o setor público deve operar.(Com informações da AsImp/Ases)

 

Assista na íntegra como foi o evento: https://www.youtube.com/watch?v=ucGSaHToz9E


Fonte: Correio Capixaba

Mais Notícias


[NOVO] Associação promove ações mensais para atrair compradores a MG o ano todo

  As fábricas tiveram que repensar a produção, o calendário de lançamentos não é mais o mesmo, as estratégias de venda mudaram. O mercado virou de cabeça para baixo desde o início da pandemia, o que obrigou o Instituto Amem (Associação Mineira de Empresas de Moda) a rever seus planos. Na última semana, foi lançado […]


[NOVO] Associação Comercial do Paraná pede ao Governo ajuda para salvar empresas

    A Associação Comercial do Paraná (ACP) encaminhou cartas ao Governo do Estado, representado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, pedindo que sejam adotadas medidas para ajudar a salvar os empresários paranaenses. A associação sugere que o Governo amplie linhas de financiamento, especialmente para os pequenos negócios; inclua mais empreendimentos na lista dos que […]


ACIT completa 122 anos de história em Taubaté – SP

  A Associação Comercial e Industrial de Taubaté completa nesse dia 04 de março, mais um ano desde sua fundação, somando 122 anos de história na cidade. A ACIT é terceira Associação Comercial mais antiga do Estado de São Paulo e a mais antiga do Vale do Paraíba. Desde sua fundação, trabalha com foco no […]