[NOVO] PASSOS para associações de próximo nível
HOMEM DE ASSOCIAÇÃO - Tudo sobre governança e gestão de associações | Octavio “Bobby” Peralta

 

Como organizações orientadas para o propósito e focadas na missão, as associações fornecem aos seus principais interessados ​​pelo menos quatro benefícios principais:

(1) aprendizagem (programas de treinamento, certificação e credenciais),

(2) conhecimento (publicações especializadas, estudos e padrões),

(3) ) comunidade (plataforma para criar redes, co-criar e colaborar em serviços) e

(4) defesa de direitos (preparação de documentos de posicionamento, trabalho de política pública e depoimentos).

 

Então, o que mais as associações podem fazer para aumentar ainda mais seus estoques e levá-los a um nível mais alto?

Eu li uma postagem sobre este tópico por Ryan Smith da American Society of Association Executives (ASAE) e eu a ajustei nesses cinco “PASSOS” a seguir:

S- ystematize a colaboração e a cocriação: as  associações têm em seu ecossistema uma enorme riqueza de recursos humanos e organizacionais, pois representam várias profissões e indústrias e suas redes. Essas conexões e vínculos oferecem às associações oportunidades de cocriação e inovação em projetos, programas e atividades estratégicas, não apenas para seus membros, mas também para a sociedade em geral.

I- mpulsione o tempo e o talento dos  voluntários : Os voluntários são a força vital das associações. Eles fornecem seu tempo, energia e recursos para as advocacias com as quais se preocupam. Eles servem em conselhos, comitês e forças-tarefa. Mas o voluntariado também traz benefícios pessoais e profissionais. Por exemplo, os voluntários podem trazer de volta o que aprenderam ao servir às associações nos seus locais de trabalho e nos seus relacionamentos pessoais.

E- nergize o espírito humano:  Estar e trabalhar em associações envolve muitas interações e relacionamentos humanos. As associações que se concentram em reconhecer, apoiar e elevar o espírito e a paixão do seu pessoal podem esperar operar melhor, obter mais resultados e crescer progressivamente. As indústrias prosperam e declinam, os locais de trabalho mudam com o tempo, mas o que não desaparece é como as associações fazem seu pessoal se sentir valorizado e recompensado.

B- uscar diversidade, equidade e inclusão: os  princípios de DEI se tornaram uma norma no local de trabalho, nas escolas e em outros ambientes. Diversidade refere-se a reconhecer e respeitar as qualidades e atributos únicos de cada um; equidade para um tratamento justo e respeitoso de todos; e inclusão ao sentimento de aceitação e valorização. Uma vez que as associações reúnem pessoas de diferentes origens, as associações não serão sustentáveis ​​se não adotarem, priorizarem e incorporarem a DEI em sua cultura. Ao tornar o DEI um imperativo estratégico e depois agir, as associações também serão capazes de atrair talentos para sua força de trabalho e despertar entusiasmo e paixão por seu trabalho.

V- er o futuro: a  previsão e o pensamento estratégico fazem com que as associações ‘vejam’ melhor o futuro para garantir o sucesso e a sustentabilidade. Ao fazer isso, não é apenas a associação que se beneficia disso, mas também seus membros – por exemplo, indústrias e profissões – elevando-os também. Estar nesta posição de pensar em um nível mais alto oferece uma oportunidade para as associações serem líderes de pensamento e ações influentes em suas comunidades. Com o foco e a dedicação certos, as associações têm potencial para fazer a diferença em inúmeras possibilidades e oportunidades de crescimento e desenvolvimento.

Espero que estes “PASSOS” lhe dêem algumas ideias e ferramentas à medida que avança para aumentar o nível de sua associação.

 


O autor, Octavio ‘Bobby’ Peralta, é simultaneamente secretário-geral da  Associação de Instituições de Financiamento do Desenvolvimento na Ásia e no Pacífico  (ADFIAP), Fundador e CEO do  Conselho Filipino de Associações e Executivos de Associações  (PCAAE) e Presidente da  Federação de Organizações Associativas da Ásia do Pacífico  (APFAO). 

Mais Notícias


INSPIRAÇÃO

Um sentimento mal acomodado na mente provocou a inspiração para a criação da Escola de Associativismo. Por que havia recuado e não encarado a luta como sempre fiz ? Razoes cristalinas indicavam a correção da decisão mas o espirito de luta relutava em aceitar. Estava deixando uma posição de diretor numa associação nacional de alta […]


As novas jabuticabas políticas regressivas do Congresso Nacional

Forças políticas querem fazer uma blitzkrieg para mexer no sistema político. O que já está ruim, pode piorar. O presidente da Câmara, elegeu como prioridade uma reforma eleitoral. Pressionados pelos partidos nanicos, os deputados falam no chamado “distritão” e ventilam a volta das coligações. No distritão, como se sabe, assumem os mais votados, independentemente do […]


ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO MELHORAM O MUNDO

Associações e cooperativas são fundamentais para o desenvolvimento de um país. São importantes para a consolidação das democracias e para o aprimoramento das instituições. O assunto é empolgante, envolvente; e, por isso, é preciso cuidado: pode virar uma paixão! Helcio Resende Dias, por exemplo, Presidente da FINDES (Federação das Indústrias do Estado do ES) durante […]