ACIT completa 122 anos de história em Taubaté – SP

 

A Associação Comercial e Industrial de Taubaté completa nesse dia 04 de março, mais um ano desde sua fundação, somando 122 anos de história na cidade. A ACIT é terceira Associação Comercial mais antiga do Estado de São Paulo e a mais antiga do Vale do Paraíba.

Desde sua fundação, trabalha com foco no desenvolvimento do comércio, da prestação de serviços, com objetivo de preparar empresários e seus colaboradores para que ofereçam um serviço de excelência e sejam referência em toda a região. A história da entidade está totalmente ligada ao desenvolvimento de Taubaté, e representa uma figura importante nos diversos períodos econômicos vivenciados pela cidade e também pelo país. No associativismo e no empreendedorismo, o papel da ACIT é ser um agente de desenvolvimento social, sempre em defesa da classe empresarial.

Relatos históricos contam que o empresário Felix Guisard liderou um grupo de comerciantes para enfrentar as dificuldades apresentadas diante do cenário instalado com a crise do café, em 1899 e, desde então, a ACIT consolidou-se como uma das mais atuantes associações de lojistas de todo o interior do estado.

A entidade já teve a sigla A.C.T antes de se tornar ACIT, como conhecemos atualmente. Segundo jornais da época, as reuniões para a criação da instituição ocorreram no “sobrado do Sr. Barnabé Ferreira de Abreu e Costa, no Largo da matriz”, local que, inclusive, foi sua primeira sede.

A primeira diretoria foi composta pelo Presidente Felix Guisard (que dirigiu a entidade até 1904), o Vice-Presidente Antônio Gomes de Souza Penna, o Primeiro Secretário Joaquim Gonçalves Freitas, o Segundo Secretário Brás Curiu e o Tesoureiro Crispim José de Carvalho.

No início do século XX, eram oferecidos cursos noturnos, voltados para empresários, dependentes e seus funcionários, que abrangiam temas como escrituração mercantil, direito comercial e geografia comercial, assuntos relevantes naquele momento. Entretanto, segundo pesquisas feitas pela ACIT, houve também um período de pouca atividade, principalmente a partir da década de 10, ressurgindo com mais força em 1934, quando seu estatuto foi reformulado e o empresário Francisco de Barros tomou posse como presidente, cargo que manteve até 1939.

Em 1993 a ACIT inaugurou o “SPC” automatizado, com sistema de telecheque, um serviço revolucionário naquela época.

A Associação também teve participação direta nas obras de estrutura do centro da cidade como, por exemplo, na construção do calçadão na Rua Carneiro de Souza em 1986, num trabalho em conjunto com a Prefeitura que remodelou o centro urbano, facilitando o acesso aos estabelecimentos comerciais.

Além da oferta de cursos para capacitação, a instituição tem em seu currículo a realização de grandes eventos, como a FEITAU (Feira do Comercio, Indústria e Serviços de Taubaté), realizada nas dependências do Comando de Aviação do Exército (Cavex), bailes comemorativos do comércio, que homenageava grandes empresários da cidade, eventos de natal, grandes encontros empresariais de desenvolvimento e networking, palestras com profissionais renomados, parcerias com outras importantes entidades, grandes promoções junto aos associados para beneficiar os clientes, todas as ações sempre voltadas para o desenvolvimento econômico da cidade.

A ACIT vem deixando seu legado a cada dia, sempre acompanhando as páginas da história de Taubaté. A associação procura estar sempre à frente, inovando e se atualizando num mundo cada vez mais tecnológico e com informações que correm à velocidade da luz. Aliado à isso, busca manter parceria e um bom relacionamento com os poderes executivo, legislativo e judiciário para buscar melhorias e ações que possam beneficiar o comércio local.

O grande desafio é oferecer ao associado excelência na prestação dos serviços que estimulam a criatividade em qualquer momento econômico e político. É função da ACIT mostrar ao empresário as mais variadas possibilidades para manter seu negócio vivo e rentável, com soluções práticas e viáveis.

 

Confira abaixo depoimentos de quem esteve à frente da ACIT nos últimos anos:

“A ACIT, quando assumi, estava pré falimentar, com mais de oitenta títulos protestados. Com a ajuda dos meus pares, consegui quitar tudo. Após um longo período de melhorias, partimos para a informatização da entidade. De 40 sócios, partimos para 400. Conseguimos informatizar o SCPC e, aos poucos, construímos a sede entidade, que hoje é muito respeitada, é uma das mais eficientes da região.” (Dirceu Ortiz Gomes – Presidente de 1985 a 1995)

“Eu tenho muito orgulho de integrar o quadro associativo da entidade mais representativa e respeitada do empresariado taubateano. Durante minha gestão como presidente da ACIT, reestruturamos e modernizamos o nosso sistema de informações de proteção ao credito, que passou a ser totalmente informatizado, aumentando assim a credibilidade nos dados por nós fornecidos.

Juntamente com a minha diretoria e a nossa equipe de funcionários e colaboradores realizamos eventos marcantes na história da ACIT, como a primeira FEITAU (Feira do Comércio, Industria e Serviços de Taubaté), Natal Iluminado, os Congressos de Liderança Empresarial do Vale do Paraíba e as comemorações do Centenário.

Estamos comemorando 122 anos de muito trabalho e dedicação ao desenvolvimento de nossa cidade. Parabéns ACIT, parabéns Taubaté!!!” (Augusto Ambrogi Neto – Presidente de1996 a 2000)

“A ACIT, ao completar 122 anos de existência, mostra que lideranças empresariais importantes – entre as quais, Felix Guisard, o maior benfeitor da cidade de Taubaté em todos os tempos – se uniram para reunir forças para resolver problemas de uma crise importantíssima que assolava financeiramente a economia da cidade na época. Registros históricos mostram declarações de empresários que tiveram a intenção de aumentar sua representatividade juntos aos administradores públicos da ocasião.

Esses princípios importantes valem até hoje. Esse é o papel principal das entidades, melhorar a representatividade. Mas, no caso da ACIT, ainda existe um aspecto mais importante, que é o aumento da credibilidade da instituição, comparada ao movimento sindical, onde a participação e compulsória, diferente de uma Associação, que a decisão de ser associado é voluntária.

É preciso salientar, também, que a ACIT é a entidade mais antiga de Taubaté e a que tem a maior credibilidade e representatividade empresarial. Por isso, as negociações e a representações nas discussões públicas, como a exemplo agora dessa pandemia, a ACIT mostra sua força e é sempre ouvida em todos os momentos pelas autoridades.

Tive oportunidade de participar como presidente em algumas gestões, sempre com o auxílio de uma diretoria valiosa que ajudou a conduzir a renovação da administração, e agora participo como diretor, sempre com muita dedicação e muito amor por essa entidade tão importante para Taubaté.” (Yasto André Saik – Presidente de 2001 a 2006

“Acredito que o fato de nos reunirmos em associação é de extrema importância em todos os tempos, mais ainda em época de crise como a que estamos vivendo.

Aliás, ao completar 122 anos, a jovem senhora ACIT foi testemunha de uma parte da história de nossa cidade, do nosso Estado e do Brasil. História que está entremeada de sucessos, dificuldades, progressos e muito, muito trabalho. Fico feliz e grata em ter tido a oportunidade de contribuir um pouquinho neste projeto grandioso que nossa querida ACIT tem desenvolvido neste longo período.

Considero que para o fortalecimento e representatividade cada vez maior da ACIT é fundamental a participação de associados, colaboradores e diretores, bem como a adesão de novos membros. Que venham mais e mais anos de atuação e que possamos ser testemunhas de um tempo cada vez mais próspero e harmonioso!” (Rogéria Ferreira – Presidente de 2007 a 2009)

“A ACIT traz em seu DNA o sinônimo de associativismo, de parceria. A partir do momento que passamos por aqui nossa visão muda, descobrimos a importância de arregaçar as mangas e trabalhar, aprendemos que ter procedimentos nos auxilia para alcançar resultados melhores. E quem tem na ACIT uma parceira, sabe que aqui são oferecidas diversas oportunidades de desenvolvimento, em diversas áreas. São 122 anos de história auxiliando o comércio e os empresários com muita maestria.” (Sandra Teixeira – Presidente de 2010 a 2015)

“Estar à frente a ACIT por algumas gestões me trouxe uma visão mais ampla da nossa cidade e aprendi muito, tendo como referência o nosso fundador Felix Guisard. Tive comigo uma equipe que me auxiliou e trouxemos uma administração mais moderna para essa entidade tão importante para Taubaté. Nosso comércio é o coração da economia da cidade e a ACIT está sempre trabalhando para que Taubaté seja referência nesse quesito, preparando os empresários e seus colaboradores. É uma honra dizer que estive a frente dessa Associação tão importante e pude contribuir para o desenvolvimento da nossa região. Parabéns ACIT pelos seus 122 anos de história.” (José Saud – Presidente de 2016 a 2020)

“Participo na ACIT há muitos anos, em outras gestões tive a oportunidade de estar no corpo diretivo, e agora estou como presidente, à frente essa importante instituição que completa 122 anos de prestação de serviços à cidade e a comunidade.

Acredito na relevância dos serviços que a entidade oferece além da representatividade junto aos poderes públicos, sempre em prol do empresariado.

Estar à frente como presidente é uma responsabilidade enorme, mas também um orgulho, pois cuidar desse patrimônio que é a Associação me traz a noção de que participamos ativamente do desenvolvimento de Taubaté. Parabéns ACIT por essa história tão importante.” (Ricardo Vilhena – Atual Presidente).


Fonte: PORTAL R3

Foi um dia histórico para a Escola, com a primeira reunião do Comitê Executivo da Escola de Associativismo sendo realizada em sua nova sede, que fica na Enseada do Suá. Da reunião, participaram o Diretor Executivo, Sérgio Rogério de Castro; o superintendente Agostinho Rocha; o superintendente do IEL-ES, Paulo Lacerda; o conselheiro Fábio Dias e os colaboradores Ronald de Carvalho, Zilka Teixeira, Leonel Piovesan e André Cribari.

O Comitê Executivo discute, a cada semana, as ações que a Escola toma e define os novos projetos que serão realizados, discutindo aspectos de sua atuação. A sede da Escola de Associativismo fica na Avenida Américo Buaiz, 501 Edificio Victoria Office Tower Torre Leste, sala 504. O prédio fica em frente ao Shopping Vitória e, para acessá-lo, há facilidade de estacionamento.

Os dez artigos que constituem este trabalho têm como eixo condutor o associativismo civil e os movimentos sociais de Blumenau e região, e estão fundamentados nos saberes da história, psicologia, serviço social, sociologia e comunicação.

 
Autores: Organizadores Edinara Terezinha de Andrade e Nelson A Garcia Santos; Colaboradores Allan
Henrique Gomes / Clóvis Reis / Cristina Ferreira / Elaine Cristina Mendonça / Jacqueline Samagaia /
Josué de Souza / Reidy Rolim de Moura / Sara Krieger do Amaral / Vera Herweg Westphal
ISBN 978-85- 7474-515- 2
Número de Páginas: 252
Número Edição: 01
Ano Edição: 2010
Editora Insular

livro associativismo blumenau